Financie Sonhos

Segundo Semestre tem início com grandes emoções e recordações

Depois de um período de férias, com grandes emoções e recordações, voltamos dia 5 de agosto a todo vapor para nossa programação de atividades no segundo semestre.

A primeira semana chegou com novidades e novos membros no Jardim Corassol. Fizemos uma reflexão sobre nossas férias, demos boas vindas aos novos amigos e matamos saudade da “Musicalização” e do “Tem Criança na Cozinha”.

 

Ah, e por falar no Tem Criança na Cozinha, este semestre vamos embarcar em uma viagem pelo Brasil, conhecendo sua culinária e a cultura. Iniciamos pela descoberta do Acre, com o prato “Baixaria”, composto por cuscuz, carne, couve e ovo.

 

Outra novidade que encantou nossos olhos, foi participar do planejamento das atividades. Descobrimos também a “Roda das Artes”, que está despertando nossas habilidades, criatividade e talentos. Quanta Alegria!

roda da arte

 

Convidamos vocês para acompanhar nossa jornada neste segundo semestre de 2019. Já estamos ansiosos para ver o que vêm por aí, e vocês?

No ritmo das férias

Quando a arte e a animação se encontram

A alegria não para por aqui! Após o Corafest 2018, chegou um dos momentos preferidos dos nossos pequenos, as férias. E por aqui, isso é sinônimo de muitas brincadeiras e boas memórias. Nos dias 03 a 20 de dezembro, atividades divertidas não faltaram no Corassol. É hora de pegarmos uma carona com nossos aventureiros e descobrirmos juntos como foram essas semanas para lá de especiais. Então, prepara a sua energia e vem com a gente!

Para animar ainda mais, as atividades de musicalização continuaram, com muito ritmo nos pés, movimentos corporais e ainda aprendendo notas com o instrumento xilofone. Um show à parte, dos nossos pequenos talentosos!

 

E um “Show de Talentos” também aconteceu. Como os bastidores de um espetáculo, as crianças e adolescentes seriam seus próprios roteiristas. Juntos, decidiram quem iria se apresentar em grupos, duplas ou até mesmo sozinhos. E num piscar de olhos, surgiram números de danças, música, mágica e até mesmo desenhistas. Com a ajuda dos orientadores, imprimiram as canções, ensaiaram, finalizaram os desenhos, dobraduras e até mesmo um origami.

 

E chegou o momento mais esperado, as apresentações. Com chapéus coloridos, sorriso no rosto e incentivo dos colegas, o Corassol virou uma festa de talentos. Com descontração, interação e aplausos, foi fácil colocar a timidez de lado e vivenciar um dia de muito aprendizado, crescimento e diversão, através da arte e da espontaneidade.
Um show à parte, dos nossos pequenos talentosos!

 

Acho que precisamos tomar um ar, para poder acompanhar o pique deles. Ufa, pronto, e vamos lá novamente! A praça Dutra II, um dos lugares preferidos das crianças, foi o cenário para muitas atividades. Leituras ao ar livre, balanço, jogos como o Uno e até mesmo, bolas de sabão, que tornaram o local ainda mais mágico, sem esquecer do contato e o respeito com a natureza. Ah, e nossos aventureiros tiveram a oportunidade de desbravar novas praças e aprenderam que cada cantinho tem seu encanto e merece um olhar carinhoso.

 

Passeios e despedidas

Como aprender e conhecer nunca é demais, as crianças foram ao Sesc de Ribeirão Preto para ver uma bela exposição, com obras que levam à imaginação e à reflexão. Uma maneira de observar o mundo ao nosso redor. Ainda se colocaram no lugar do artista e puderam participar de uma oficina, desenhando figuras abstratas. E saíram de lá, gratos pela nova experiência.

 

E por falar em novas experiências, em um mundo onde tudo está pronto, que tal fazer seu próprio brinquedo? Com muita paciência e dedicação, eles fizeram uma pipa e, apesar das dificuldades, a felicidade apareceu no final: “Olha, minha pipa está pronta”, disse um amiguinho. E que melhor lugar para brincar do que um parque? Os pequenos prepararam deliciosos lanches e foram até o Parque Raya e levaram as pipas. Momentos incríveis, que não serão esquecidos!

 

O Natal estava próximo e, para entrar no clima, eles confeccionaram árvores de Natal com pinhas. Pintaram, decoraram e colocaram pequenos objetos, como anjos, estrelas, glitter e miçangas. Todas ficaram lindas, e sim, elas lembravam de uma época tão especial. E, para finalizar, no dia 20 de dezembro, todos receberam presentes, mas, acima de tudo, trocaram abraços e sorrisos, finalizando um ano mágico, repleto de boas recordações. E todas essas atividades de férias foram acompanhadas por pessoas dedicadas e que trazem no coração muito amor, os orientadores, Matheus Savazzi, Cláudia Helena de Souza, Névia Roberta, Aline Reis e o colaborador Luciano Quaglio.

fazendo rosca

Pequenos cozinheiros e estilistas

Sabores e cores marcaram presença nas atividades

Como o tempo passa rápido e o calendário de julho mostra que as férias no Corassol estão quase no fim. É o momento de aproveitar cada minuto para brincar. E hoje, 19 de julho, os nossos chefes de cozinha mais uma vez apareceram. Com uma mistura de alegria e entusiasmo o aprender ficou ainda mais divertido. Vamos ver de perto como foi essa aventura!

A animação por fazer algo novo tomou conta do lugar. Os olhos atentos estavam em cada movimento e detalhe. Todos seguiram as orientações para fazer uma receita deliciosa, a clássica rosca. Durante o processo, quando as perguntas apareciam, era possível ver a vontade de descobrir novas respostas, como, por exemplo, a diferença entre fermento químico e pó royal. Ou, ainda, como pode o perfume da essência de baunilha invadir os narizinhos e o ambiente, e não ter sabor? “Eu já experimentei em casa e não senti gosto de nada” como contou um amiguinho. O aprendizado está sendo levado para casa, para praticar a confecção das roscas com a família.

 

A arte da culinária proporciona testar e experimentar novos sabores, reunir e aproximar pessoas em convívio alegre e festivo, e, para as nossas crianças: despertar a curiosidade dos pais e familiares, que querem provar as gostosuras que fazem.

As crianças, contentes com a participação das orientadoras Cláudia Helena de Souza (responsável pelas oficinas de culinária), Josiane Borrasqui, Bruna Domingos, Jéssica Marques e do colaborador Luciano Quaglio, curtiram felicidade, maior ainda quando chegou a hora de experimentar o fruto do seu trabalho.

tem criança na cozinha

 

Arco-Íris nas roupas

Vermelho, azul, verde, laranja formaram uma festa de cores na confecção de coletes. A moda ficou ainda mais animada com as tintas usadas e compartilhadas para escrever as letras que formam a palavra Corassol e o desenho do coração. Cada vez mais próximos uns dos outros, eles entenderam que, juntos, o caminho se torna mais prazeroso e novas histórias podem ser vivenciadas com respeito.
E ao final, um único sentimento invadiu as crianças: a gratidão. Aquele muito obrigado pela diversão e pelo envolvimento de todos os orientadores.

 

>>Veja Galeria de Fotos<<

arte aprender

A arte de aprender juntos

Quando a criatividade e a imaginação se torna brincadeira de criança

Acordar cedo e encontrar os amigos para brincar. Isso se chama férias! Mas tem um lugar especial que o aprendizado e a diversão formam uma dupla poderosa. Nos dias 3 e 4 de julho, o ponto de encontro para atividades com uma energia lá em cima foi o Corassol! E a primeira semana de férias começou cheia de cores e inventividade.

O sol entrava pelas janelas das salas espaçosas. As 60 crianças e os orientadores, Névia Roberta, Matheus Savazzi, Aline Ximenes e Josiane Borrasqui iriam ter uma tarefa divertida pela frente e a oportunidade de se tornarem inventores, como aquela pessoa que criou o foguete e levou o primeiro homem à lua ou a descoberta da eletricidade que nos fornece a luz. E naquele momento a invenção seria fazer arte com origamis. Criar figuras, descobrir o que é possível fazer com um pedaço de papel. Dobrar uma ponta, dar forma, aprender. Essa foi a maior lição. Ao ver a dificuldade do colega ao lado, todos dividiam o que sabiam, o que descobriram, como uma família que se ajuda, ri, erra e acertam juntos. Pontes de conhecimento, coletividade e empatia se criaram em uma única atividade.

arte ensinar

E de repente, surgiram coelhos, borboletas, barcos, sapos, cachorros e até mesmo chuteiras. E no final a imaginação tomou conta. E o coelho ganhou vida, o cachorro correu pela sala nas mãos do menino e a borboleta pousou na planta no canto da sala. “Olha tia, onde ela foi parar! ”. Muito mais que aprender, é estar juntos, se conectar uns aos outros e criar memórias.

Gratidão em cores

E quem não gosta de desenhar? As crianças adoram! Pegar o lápis de cor e colocar no papel de uma forma singela, um dos sentimentos mais bonitos. Transmitir uma mensagem de agradecimento para doadores e colaboradores foi outra atividade realizada. Com muita cor, cada letra parecia ter vida nos cartões. Obrigado pelo alimento, pela doação, pela preocupação e pelo amor depositado em tudo o que fazem. E ao ler, percebe-se que aquelas palavras na verdade vieram direto do coração. Os orientadores ficaram orgulhosos e felizes em ver tanta coisa bonita e criativa. Uma semana de muito aprendizado!

 

teatro de fantoches

Livro da escritora Ruth Rocha inspira crianças do Corassol

Crianças confeccionam Personagens com materiais reciclados

O livro “Os Direitos das Crianças”, de Ruth Rocha foi apresentado para a turminha do Aconchego, através de uma linguagem divertida e lúdica. O livro aborda sobre os direitos das crianças que: “Não devem ficar restritos aos direitos jurídicos expressos pela Declaração dos Direitos das Crianças”, explica Ruth em seu site, ruthrocha.com.br.

Em pequenos poemas, a autora traz situações que deveriam fazer parte da infância: dormir numa cama quentinha, ter comida no prato, brincar e se divertir, ser abraçada e cuidada, entre outras.

Utilizando o livro como fonte inspiradora, a galerinha foi desafiada a interpretar a história do seu jeito, utilizando as técnicas de teatro de fantoches.

Eles confeccionaram personagens com palitos de sorvete, cola, papelão e fios de lã. Por fim, mostraram aos participantes o que entenderam do livro”, declarou a orientadora Maria Carolina Bueno.

De acordo com Ruth em seu site, o objetivo do livro é “…chamar a atenção para o fato de que a infância é um tempo muito curto, mas é o período em que se constrói o direito à felicidade“.

Tem Criança na Cozinha

Oficina de Mini Pizza

Oficina de culinária, mais conhecida como “Tem Criança na Cozinha“! As crianças e adolescentes, junto da voluntária Stephane Telles, colocaram literalmente a “mão-na-massa”, ao fazerem mini-pizzas pra todo mundo do Corassol!
O resultado? Mama Mia, uma delícia!