Financie Sonhos

Nossa vida é maravilhosa” – Meu Mundo, Nosso Mundo… de Amor

Arte e novidades na despedida do mês mágico das crianças

Outubro, o mês especial que nos mostrou como “Nossa vida é maravilhosa”, proporcionou muitas experiências regadas de afeto e generosidade, que deram asas à criatividade.

A Arte é o multiespaço onde crianças de toda idade encontram-se e comunicam-se através dessa linguagem universal, praticando habilidades diversas e complementares, com o objetivo de unir o corpo e a mente ao coração, convergindo à consciência coletiva de que Somos Todos Um, em Amor.

A atividade “Tem Criança na Cozinha”, mostrou às crianças e adolescentes como o preparo e consumo da alimentação saudável podem ser divertidos e saborosos.

 

A Capoeira e a Musicalização continuam sensibilizando e despertando os corações para o delicioso gingado da cultura afro-brasileira e a musicalidade, que nos alimenta a alma.

 

O mês de outubro não havia terminado e, no dia 23, os nossos pequenos voltaram-se a outros desafios, com novos significados, que marcaram o início dos preparativos para o final do ano de 2018, que se aproximava trazendo muita energia boa.

Começaram com reflexão sobre a palavra “mundo” e algumas perguntas surgiram:
Se nós pudéssemos construir nosso próprio lugar, como ele seria?
Qual a sua cor?
Qual seu cheiro?
Quem moraria nele?

Aplicando a “papietagem”, técnica artesanal de preenchimento de molde, usando bexiga, papel, tinta, cola e pincéis, eles foram dando forma à imaginação, que os levaria a encontrar as respostas às suas perguntas!
A cor azul apareceu em destaque, como um grande oceano cheio de sonhos e esperança de dias melhores, surgindo as primeiras formas do “mundo perfeito”, de cada um deles.

 

Outra atividade foi a de produzir porta copos, com tiras de malha.
Antes, construíram um “tear” com papelão e cortaram pedaços de malha, enovelando-os por cor. Cada um escolheu as cores de sua preferência, iniciando o tecer, que mais parecia um arco-íris trançado.

 

 

Eles também iniciaram ensaio de uma peça de teatro, de uma nova canção na aula de musicalização, de apresentação da capoeira e do mais gostoso desafio: treinar a preparação do cardápio para a festa.

 

Como podemos constatar, nossos “protagonistas”, a partir desta data, praticariam habilidades como autores, atores, coreógrafos, artesãos, mestre cucas, musicistas, apoiadores, participando de todas as ações preparatórias do evento final, aplicando-se nos seus afazeres e priorizando o uso de materiais recicláveis.

E nos despedimos do encantador mês das crianças, contando o segredo de que em novembro iniciaremos a contagem regressiva para o CORAFEST, a festa de encerramento, onde cada detalhe, sorriso e aprendizado serão para homenagear nossa vida. Mas, isso é outra história, que ainda vamos contar.

fazendo rosca

Pequenos cozinheiros e estilistas

Sabores e cores marcaram presença nas atividades

Como o tempo passa rápido e o calendário de julho mostra que as férias no Corassol estão quase no fim. É o momento de aproveitar cada minuto para brincar. E hoje, 19 de julho, os nossos chefes de cozinha mais uma vez apareceram. Com uma mistura de alegria e entusiasmo o aprender ficou ainda mais divertido. Vamos ver de perto como foi essa aventura!

A animação por fazer algo novo tomou conta do lugar. Os olhos atentos estavam em cada movimento e detalhe. Todos seguiram as orientações para fazer uma receita deliciosa, a clássica rosca. Durante o processo, quando as perguntas apareciam, era possível ver a vontade de descobrir novas respostas, como, por exemplo, a diferença entre fermento químico e pó royal. Ou, ainda, como pode o perfume da essência de baunilha invadir os narizinhos e o ambiente, e não ter sabor? “Eu já experimentei em casa e não senti gosto de nada” como contou um amiguinho. O aprendizado está sendo levado para casa, para praticar a confecção das roscas com a família.

 

A arte da culinária proporciona testar e experimentar novos sabores, reunir e aproximar pessoas em convívio alegre e festivo, e, para as nossas crianças: despertar a curiosidade dos pais e familiares, que querem provar as gostosuras que fazem.

As crianças, contentes com a participação das orientadoras Cláudia Helena de Souza (responsável pelas oficinas de culinária), Josiane Borrasqui, Bruna Domingos, Jéssica Marques e do colaborador Luciano Quaglio, curtiram felicidade, maior ainda quando chegou a hora de experimentar o fruto do seu trabalho.

tem criança na cozinha

 

Arco-Íris nas roupas

Vermelho, azul, verde, laranja formaram uma festa de cores na confecção de coletes. A moda ficou ainda mais animada com as tintas usadas e compartilhadas para escrever as letras que formam a palavra Corassol e o desenho do coração. Cada vez mais próximos uns dos outros, eles entenderam que, juntos, o caminho se torna mais prazeroso e novas histórias podem ser vivenciadas com respeito.
E ao final, um único sentimento invadiu as crianças: a gratidão. Aquele muito obrigado pela diversão e pelo envolvimento de todos os orientadores.

 

>>Veja Galeria de Fotos<<

Oficina - Pastel

Aprendendo a Fazer Pastel

Saborear um pastel é muito bom, imagine então quando é você quem faz? Fica bem mais gostoso! Pastel de carne, queijo, presunto e queijo… hum!!! Dá até água na boca.
Na oficina “Tem Criança na Cozinha” é assim: além de aprenderem a fazer os quitutes, as crianças praticam a cooperação, união, compromisso, cuidado e organização.

Agradecemos as doações dos itens: PP Ponto do PastelMister OttaniFratucci Supermercados, Castro Salgaderia e Julia e Baptista Frutas e Verduras.