Financie Sonhos

Férias de janeiro de 2019

No período de 14 a 24 de janeiro de 2019, um novo mundo de descobertas se abriu para nossos companheiros de aventuras, as tão esperadas férias, com várias possibilidades de aproveitar o tempo de maneira saudável e prazerosa.

Dia 14, empolgação e alegria pelo reencontro, todos querendo falar ao mesmo tempo, ansiosos por relatar as experiências do final do ano. Surgiram, também, assuntos sobre expectativas para o novo ano, incluindo novos aprendizados que desejavam adquirir. O papo colocado em dia deu abertura para as férias que estavam só começando.

 

Os dias que se seguiram foram de alegria com criatividade. Em um momento empolgante, no qual se transformaram em “cientistas” por alguns instantes, criaram “obras de arte” com massinhas de modelar e “slimes”. Mas não foi só isso, desfrutaram de um dos lugares que mais gostam, a praça Dutra II. Organizaram grupos para decidir quais jogos criariam para brincar, a partir do resgate de brincadeiras antigas. Pintaram no chão uma grande trilha na qual eles mesmos foram as peças, e nos bancos pintaram tabuleiros de damas. Inventaram um jogo de amarelinha diferente do tradicional e até um pneu se transformou num maravilhoso balanço. Enquanto isto, outros preferiram o futebol.

 

O lado artístico também surgiu: desenharam e produziram palhaços, para se divertirem com a famosa “boca do palhaço”, trabalhando a socialização, coordenação motora, concentração, e, claro, sem perder a diversão. E, vestidos à caráter, apresentaram um novo “Show de Talentos”, com números de mágica, dança, teatro, música, atraindo a atenção dos vizinhos da praça e dos que passavam por ali, parando para assistir as apresentações.

 

Gostinho de infância

Em especial, no dia 21 de janeiro, os pequenos aventureiros do Corassol tiveram novas vivências . Com mangas e jacas recebidas em doação, diretamente de um sítio, eles se surpreenderam com um novo mundo de descobertas, aromas e aprendizados. Pesquisaram cada detalhe dessas frutas, desde a origem de pequenas sementes até os bichinhos que elas podem conter. Pensaram em como poderiam aproveitá-las, recebendo uma tarefa especial: consultar os pais sobre o que utilizam para eliminar os agrotóxicos, além de analisar com eles a importância e o valor de cada alimento, envolvendo os familiares na busca de novas receitas.

 

Numa nova ida à praça, agora mais atentos para observar tudo à sua volta, descobriram uma goiabeira, encantando-se com a fruta e, admirados, perceberam que também havia bichos na goiaba. Mais um momento de reflexão e descobertas de como os bichinhos entraram ali.
Após a roda de conversa, futebol e outros jogos ocuparam a atenção de todos, levando-os a aproveitar ao máximo o viver a infância em sua plenitude, não faltando, é claro, as adoradas brincadeiras com água.

 

As atividades foram acompanhadas pelas orientadoras Cláudia Helena de Souza, Aline Reis, Bruna Domingos e Luciano Quaglio.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário