Financie Sonhos

Árvore do Corassol

Despertando para a pesquisa

O interesse por descobrir detalhes sobre cada cantinho que conhecem ou frequentam, foi o novo desafio dos adolescentes do Corassol, nos meses de Agosto e início de setembro.

Viajar no tempo e pesquisar sobre o passado permite-nos conhecer melhor o presente.
Foi o que fizeram pesquisando no Google mapas, realizando visitas aos locais e fazendo perguntas.

Conhecer o lugar onde vivemos e as pessoas que passam por nós todos os dias, nos faz perceber e entender ainda mais sobre nós mesmos e a comunidade. É como ver um álbum de fotografia e saber que, naquelas imagens, as experiências e as memórias ganham mais força com o passar do tempo.

Sempre com muita vontade de aprender e se aperfeiçoar nas atividades, os pequenos começaram a pensar em quais locais poderiam realizar ações solidárias e, assim, criaram rotas inteligentes para alcançar esse objetivo.

Após pesquisas na internet sobre o território de cada um e de reconhecer espaços familiares, como suas casas, uma curiosidade surgiu: “Qual será a história do meu lugar?”. Era o momento de ir à busca das respostas. Organizaram-se e saíram rumo aos pontos escolhidos.

 

Realizando a pesquisa

No caminho, uma parada mais que especial.
Os adolescentes visitaram a Casa do Vovô. Muito bem recebidos, eles perguntaram sobre o local e se emocionaram com um gesto: duas senhoras, ao fundo do corredor, fizeram um sinal de coração para eles.

Saíram de lá muito felizes e com vontade de ajudar. Uma sensação que tomou conta de todos.
A caminhada para conhecer o território continuou e mais lugares foram visitados, como escolas, UBS, igreja, clube.
Era possível perceber que os adolescentes cooperavam entre si, torcendo por quem estava à frente de cada ação.

 

Antes de entrar nos locais eles ensaiavam o que iriam dizer: “Bom dia, nós somos do Corassol e estamos pesquisando a história do nosso bairro, o senhor ou senhora tem como nos ajudar?”. Com muita paciência, dedicação, respeito e perseverança conseguiram as informações que procuravam.

Para concluir a fase da pesquisa, os adolescentes foram até a Transerp, sempre com seus coletes sinalizadores, e obtiveram informações, tiraram fotos e averiguaram como proceder para visitar as mini cidades existentes no local.

 

Apresentando o resultado da pesquisa

Pesquisa realizada, estavam animados para compartilhar tudo o que conheceram. Iniciavam, assim, a preparação do material para a apresentação do trabalho, produzindo cartazes de cada lugar visitado, com o objetivo de mostrar a real história.

Construíram um grande mural em forma de árvore, com tudo que conseguiram. As fotos registradas na visitação seriam os frutos; a raiz, uma imagem do grupo; e o nome da árvore: Corassol. Em todos, muito felizes com as conquistas e o aprendizado, despertou o sentimento de transmitir o aprendizado para as crianças mais novas.

 

Treinaram como falariam com os pequenos e realizaram a apresentação.
A cada aplauso, o sentimento de coragem surgia e o nervosismo era substituído pela felicidade de compartilhar a vivência que os fez crescer.

 

A perseverança e a superação que dão frutos

Sempre com superação da timidez e sorriso no rosto, o desafio estava concluído.
Trabalho realizado com dedicação levou ao sucesso e alimentou os corações, fortalecendo a generosidade e a motivação para continuar aprendendo. E novas caminhadas ainda serão realizadas.

A atividade foi acompanhada pelo orientador Matheus Savazzi.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário