Financie Sonhos
doação

Supermercado Arrecada Itens para as Crianças do Corassol

Colaboradores de Supermercado Dia fazem doação e participam de atividades com crianças e adolescentes

As crianças e adolescentes participantes dos Programas desenvolvidos no Corassol tiveram uma agradável surpresa no dia 15 de abril, com a inesperada visita de colaboradores do Supermercado Dia: Priscila Medeiros de Araújo, Lucas Araújo, Vânia Lopes, Felipe Catta-Preto, Edvaldo Siqueira, Ana Souza, Ariana Amaral, Andréa Oliveira, Marcos Alexandre e Jessica Mayres.

A ação inicial do grupo era a arrecadação de margarina e papel higiênico para a manutenção dos Programas do Corassol, mas o entusiasmo dos mesmos fez com que a ação crescesse generosamente, sendo doado, também, livros infanto-juvenis e brinquedos pedagógicos.

Além das doações, os colaboradores do Supermercado Dia prepararam um “super café da tarde” recheado de guloseimas, o que alegrou ainda mais nossas crianças.

Retribuindo a surpresa recebida, o Orientador Fabio Silva os convidou a participar da atividade por ele desenvolvida, o que fizeram animadamente.

Fabio conta que as crianças formaram grupos e cada grupo convidou um dos visitantes para liderá-lo no desenvolvimento de um grito de guerra, além de cumprir provas como obstáculos com cordas, bambolês e bolas.

A vivência da troca intergeracional foi o momento marcante da tarde, assim como relata o Orientador Fábio Silva: “Foi lindo ver os visitantes participando das atividades. Eles se envolveram, pareciam crianças novamente. As crianças também se divertiram bastante. A alegria e o vínculo criados com os visitantes eram mágicos”.

doação bicicletas

Empresa de Aluguel de Bicicletas Arrecada e reforma Bicicletas

No Corassol o ciclismo é utilizado para desenvolver habilidades sociais, corresponsabilidade, empatia e autonomia

As 14 bicicletas que chegaram ao Corassol através da Locabike, empresa que realizou a arrecadação e reforma, em período próximo à Páscoa, abriu oportunidades promissoras para o enriquecimento das atividades realizadas em consonância com a metodologia aplicada no Corassol.

Crianças e Adolescentes participantes dos Programas Construindo o Amanhã (Coama) e do Profissional do Futuro (Proft) estão estimuladas a refletir e compartilhar alternativas de utilização e cuidado coletivo das bicicletas, de praticar ciclismo de maneira saudável e responsável e desenvolver habilidades sociais como corresponsabilidade, empatia e aumento da autonomia.

O desenvolvimento das atividades com as bicicletas, que serão decididas pelos participantes, com o acompanhamento dos orientadores, considerará e, se possível, dará continuidade aos treinamentos realizados pela Empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Transerp), em suas instalações, e pela Associação Terra de Ciclismo, no Corassol.
Entrega das bicicletas

Durante a entrega, Renato Rodrigues Pereira, gerente da empresa, contou que a vontade de realizar ações do tipo surgiu ainda na infância, quando ele observava amigos que não tinham bicicleta e se sentia triste por isso. “Hoje queremos proporcionar condições para que as crianças tenham acesso ao universo das pedaladas”, disse.

Renato ainda aproveitou para agradecer a todos que doaram as bicicletas, além de destacar alguns dos valores importantes para a empresa. “Acreditamos nas práticas de reutilização, reciclagem e sustentabilidade para um convívio/relacionamento sadio do homem com a natureza”, disse.

Corassol Enaltece

Compartilhamos os momentos felizes desta realização, diretamente, com Locabike, Transerp e Terra de Ciclismo, através de representantes de suas equipes, e, à distância, com os mesmos sentimentos nobres, com as pessoas que doaram bicicletas e peças. Permanecemos esperançosos pela continuidade da iniciativa, agradecidos pelos benefícios gerados a todos, em especial às crianças e adolescentes que experienciaram esses deliciosos momentos compartilhados.

jardim suspenso

Mesa Brasil ministra palestra pela arquiteta e paisagista Heloísa Figueiredo

Colaboradoras buscam conhecimento para fazer horta suspensa no Corassol

Uma história digna de contos de fadas acabou de acontecer no Corassol e a pessoa que está muito perto de conseguir realizar um antigo sonho é a orientadora da Oficina de Criatividade Claudia Souza. Isso porque, já faz tempo que ela desejava construir uma horta em que os participantes do Programa Construindo o Amanhã (Coama) pudessem cuidar e produzir alimentos para serem utilizados no preparo dos lanches.

E agora, após uma oficina de Horta Suspensa promovida pelo Projeto Mesa Brasil, ministrada pela arquiteta e paisagista Heloísa Figueiredo, que Claudia participou ao lado da também colaboradora Sandra Regina, o sonho da viabilização do espaço na instituição ficou ainda mais perto, graças ao conhecimentos que ambas adquiriram.

A palestrante nos apresentou diversas formas de construirmos uma horta mesmo sem espaço. Aprendemos como cuidar das hortas utilizando restos de alimentos para criação de adubo compostagem. Enfim, aprendemos a cultivar, reciclar e a melhorar nossa qualidade de vida.”, disse Claudia.

culinária

Oficina de Capacitação Sesc – Mesa Brasil

Oficina com aproveitamento de alimentos inspira colaboradoras do Corassol

As colaboradoras do Corassol Sandra Regina Ferreira da Silva, que atua no complexo Ipiranga e Glaucia Helena Silva de Oliveira, que trabalha na Casa Caio, participaram de Oficina de Capacitação de Cuidadores e Orientadores realizada pelo Programa Mesa Brasil, no Sesc Ribeirão Preto.

Durante a iniciativa, que aconteceu no dia 30 de março, as colaboradoras puderam acompanhar os ensinamentos das chefs e nutricionistas Jane e Rosimeire, além de outros profissionais que ensinaram receitas de bolo utilizando diversas cascas de frutas.

Para Sandra, a oficina foi uma ótima oportunidade de aprender sobre o valor nutricional das cascas de frutas, além das técnicas para produzir bolos a partir delas. “Às vezes pensamos que as cascas não são saudáveis, mas pelo contrário. E as receitas são super versáteis, podemos usar inclusive sementes e a casca até mesmo da mandioca, por exemplo”, disse.

Segundo as colaboradoras, todos os ensinamentos serão utilizados tanto na produção do lanche para as crianças e adolescentes dos Programas Construindo o Amanhã (Coama) e Profissional do Futuro (Proft), como também para os acolhidos da Casa Caio.

Restaurant Week

Festival Gastronômico em Ribeirão Preto

Corassol é a Ong beneficiada pelo festival Restaurant Week Ribeirão Preto

O festival gastronômico Restaurant Week, que acontece em Ribeirão Preto entre os dias 11 de abril e 1º de maio, escolheu o Corassol para ser a instituição que receberá as doações feitas por consumidores, após saborearem pratos oferecidos pela ação.

Durante reunião na noite de quarta-feira (23), um dos organizadores do festival, Julio Shiira, apresentou o Corassol aos donos dos restaurantes participantes da iniciativa. “A função do Restaurant Week é democratizar a gastronomia com um fundo social”, disse.

Ele ainda explicou que anteriormente todas as doações eram encaminhadas a uma instituição de alcance nacional, mas que, nos últimos anos, a organização optou por deixar o resultado das doações na própria cidade. “Percebemos que seria mais interessante que o dinheiro ficasse na cidade que conseguiu o montante”, afirmou.

Também durante a reunião, a presidente do Corassol, Marta Irides de Oliveira, aproveitou para falar sobre o trabalho da instituição, além de agradecer ao festival e aos restaurantes participantes. Por fim, a representante da ong convidou a todos para visitarem o Corassol.

O festival e as doações

Esta será a 4ª edição do festival em Ribeirão Preto, que terá como uma das novidades um menu kids, para que as crianças também aproveitem a iniciativa.

Neste ano, os restaurantes participantes criarão menus exclusivos com o tema “Clássicos com Toques Brasileiros”. Neste cardápio estarão inclusos a entrada, o prato principal e também a sobremesa, com o preço fixo de R$ 39,90 + R$ 1 (doação) no horário do almoço e R$ 51,90 + R$ 1 (doação) durante o jantar.

Fica a critério de cada restaurante a decisão de participar durante o almoço e jantar ou apenas durante um dos períodos.

Saiba tudo sobre o festival em: restaurantweek.com.br

daerp conserto

AGRADECIMENTO AOS FUNCIONÁRIOS DO DAERP

O Corassol agradece a equipe de trabalho do Departamento de Águas e Esgotos de Ribeirão Preto (Daerp) pelos ótimos serviços que nos prestam sempre que são solicitados.

O último exemplo desta competência foi a solução de problema na rede de esgoto do Núcleo Lucas, nesta quarta-feira (16). Destacamos nossa satisfação desde o atendimento prestado por Wilson e Marisley, até o conserto em si, realizado pelos colaboradores: Sérgio, Mineiro, Nilson, Cleudson, Jean e Roberto.

Anteriormente, em 2015, colaboradores da autarquia já tinham demonstrado sua sensibilidade e solidariedade durante um serviço realizado nas proximidades da Casa Caio.

Naquela ocasião, a calçada da instituição estava completamente intransitável por causa do serviço, impedindo assim que os acolhidos pudessem entrar em casa com segurança. Foi então que a equipe da autarquia, que trabalhava na instalação de novos encanamentos na Rua Curupaiti, se mobilizou e organizou tudo em poucos minutos, construindo inclusive uma passarela para que a perua com os moradores da Casa Caio pudessem entrar. Alguns dos funcionários da prefeitura chegaram até mesmo a dar as mãos para que cada um deles atravessasse a calçada.

De acordo com uma das colaboradoras da instituição, Adélia Carolina Terra Murakami, a atitude comoveu até mesmo os vizinhos da instituição. “Foi um fato que nos chamou muito a atenção positivamente, já que rotineiramente muito do que recebemos são preconceitos por estarmos lidando com deficientes”, afirmou.

Outra colaboradora da Casa Caio que se lembra com carinho da ocasião é Glaucia Helena Silva de Oliveira. Para ela, o trabalho da equipe que atuou no serviço em questão merece todo o reconhecimento. “Eles foram muito atenciosos não só com os acolhidos, mas com todos nós. Atitudes assim merecem o nosso agradecimento todo dia”, disse.

 

Sala de Leitura

CORASSOL TEM NOVA SALA DE LEITURA

Os livros são doações de pessoas físicas e instituições

Desenvolvida para oferecer um espaço adequado, onde os livros têm papel de portais capazes de “transportar” as mentes aos mais diferentes lugares, a nova sala de leitura do Corassol já está em funcionamento.

Segundo a colaboradora da instituição Sandra Regina Silva, o espaço pôde ser viabilizado por meio de doações feitas por pessoas físicas e instituições como a Fundação Abrinq. Além disso, as doações do adolescente Carlos, que é da turma Vivenciando o Adolescer I, também chamaram a atenção. “A ideia de reinventar a sala de leitura mexeu com todos, mas principalmente com ele”, afirma.

Outro envolvimento que vale a pena ser destacado é o dos participantes do PROFT, que puderam proceder a organização do jeito que desejavam, garantindo assim a autonomia e a corresponsabilização , tendo a orientação da colaboradora quando necessário. “Deste jeito conseguimos desenvolver o senso crítico, o sentimento de pertença e a autonomia dos participantes”, disse.

A estrutura da nova sala de leitura

A sala de leitura possui estantes bem organizadas e com grande variedade de títulos, além de um computador para pesquisas e de uma mesa para estudos.

Também de acordo com Sandra, com essa estrutura será possível garantir que objetivos como o incentivo à leitura, a pesquisa, o cuidado pelo espaço, o zelo pelos livros, a participação coletiva pelos grupos de responsabilidade da Sala de Leitura, sejam alcançados. “Acho que a leitura é muito importante porque desperta a imaginação, colabora para a construção da identidade, além do desenvolvimento das habilidades da comunicação escrita e oral”, afirmou.

Sala de Leitura

 

Pedalada Solidária

PEDALADA SOLIDÁRIA ARRECADA LEITE PARA O CORASSOL

Graças a Parceria entre CNA e Pedaloko o Pedal foi Realizado

Uma ação realizada pelo CNA e pelo grupo de ciclistas Pedaloko Bike Company na manhã deste domingo (13), arrecadou mais de 100 litros de leite para o Corassol. O passeio de bicicleta teve a extensão de 30 km e reuniu ciclistas de Ribeirão Preto e região.

De acordo com o proprietário do CNA, Vinícius Rodrigues Amadeu, a escolha do Corassol para ser a instituição beneficiada pela ação se deve à importância do trabalho social prestado, assim como a parceria que a escola de idiomas tem com a organização já há algum tempo. “ Nossa parceria tem sido um sucesso e nós acreditamos que é muito importante relacionar o esporte à ações sociais”, afirmou.

Ainda segundo o empresário, o envolvimento das pessoas com a causa foi animador. “Tivemos pelo menos 110 ciclistas inscritos e algumas pessoas optaram por trazer os leites antes mesmo da realização do passeio”, disse.

Para um dos organizadores do grupo Pedaloko Bike Company, Yure de Mendonça, promover a solidariedade foi o grande acerto do evento. “Sempre realizamos passeios voltados apenas à nossa diversão, mas desta vez, o fato de ser uma ação solidária, tornou tudo muito mais especial”, afirma.

Pedalada Solidária

 

doação locabike

LOCABIKERP ARRECADA BICICLETAS QUE SERÃO DOADAS AO CORASSOL

As bicicletas serão um presente de Páscoa!

A Locabikerp, empresa que atua em Ribeirão Preto com o aluguel de bicicletas, entre outras atividades voltadas ao meio esportivo desde o ano passado, vai fazer a alegria das crianças do Corassol na Páscoa de 2016.

Isso porque uma iniciativa da empresa com a ajuda de alguns de seus parceiros viabilizou a entrega de bicicletas para a instituição como uma ação comemorativa pela Páscoa.

De acordo com o gerente da Locabikerp, Renato Rodrigues Pereira, é a primeira vez que a empresa encabeçará uma ação do tipo. “Enxergamos uma boa oportunidade de realizar uma ação social, já que existe a oportunidade de fazer o bem, além de também poder mobilizar pessoas que querem se desfazer de bicicletas que não vão usar mais”, disse.

Ainda segundo Pereira, a ação foi inspirada em algumas campanhas que já acontecem no meio esportivo. “Existem algumas campanhas que arrecadam tênis usados para atletas em início de carreira e percebemos que o mesmo poderia ser feito também em relação às bikes”, afirmou.

Para o gerente da empresa, a escolha do Corassol foi natural, já que ele já havia participado de outras atividades na instituição anteriormente. “Desde que estive no Corassol a primeira vez ela se tornou uma Ong amiga tanto por sua seriedade como também pela importância do trabalho prestado à sociedade” disse.

Outras atividades relacionadas à ação

Além da doação de bicicletas, que é parte importante da ação, outra atividade em parceria com a Locabikerp será realizada buscando promover a integração com os usuários dos programas do Corassol.

Trata-se de uma oficina que será realizada entre os dias 12 e 13 de março e que promoverá ensinamentos sobre o funcionamento das bicicletas e desenvolverá ações simples como a lavagem e preparação destes veículos para a entrega à instituição, que deve acontecer entre os dias 14 e 18 de março.

Segundo Renato Rodrigues Pereira a oficina só pôde ser viabilizada por meio de uma parceria que garantiu o espaço para a atividade. “Temos muitos parceiros, um deles inclusive garantiu um espaço para que nós realizássemos a oficina. A ocupação do local, assim como toda a atividade de pessoas envolvidas acontecerão de maneira voluntária”, afirma.

Como ajudar

Para que a ação tenha um alcance ainda maior é necessário o envolvimento de pessoas que tenham bicicletas ou peças que possam ser utilizadas e que estejam dispostas a doar.

A Locabikerp se compromete a ir buscar os materiais na casa dos que tiverem esse ato de solidariedade.

O contato deve ser feito por meio do e-mail: contato@Locabikerp.com.br ou pelo telefone (16) 98152-2102.

doação leroy merlin

CAMPANHA SOLIDÁRIA DA LEROY MERLIN CONTEMPLA CRIANÇAS DO CORASSOL

Arrecadação foi realizada pelos funcionários da loja

Uma campanha solidária realizada pelos colaboradores da Leroy Merlin presenteou os participantes do Corassol, que receberam brinquedos de uma equipe representante da empresa no início deste ano.

Segundo uma das responsáveis pelos projetos realizados no Corassol, Denise Barata, o contato para o início da parceria começou por telefone, em dezembro. Porém, como as crianças estavam no período de férias não houve a possibilidade de uma entrega prévia.

Mas, mesmo assim, de acordo com uma das colaboradoras do Corassol, Jaqueline Abreu, a empresa escolheu esperar o período de volta às atividades para poder presentear as crianças pessoalmente. “eles tiveram muito cuidado e escolheram cada presente com muito carinho, respeitando a faixa etária de cada atendido, além disso eles entregaram os brinquedos de sala em sala, podendo vivenciar ainda mais esse contato com as crianças”, disse.