Financie Sonhos
Corafest

Corafest Encerra as Atividades de 2016

Para brindar o ano de 2016, o Festival Corafest encerrou as atividades com uma programação muito especial.

Arte, teatro e danças, foi um grande espetáculo, com a participação de várias crianças e adolescentes, dos Programas Coama e Proft, além dos orientadores do Corassol.

corafest

Apresentação Flashmob pelos Orientadores do Corassol

 

As famílias encheram as cadeiras no grande salão da Casas de Betânia e puderam assistir a criançada mandando bem na arte. Teve até a participação do Papai Noel na entrega de presentes.

Entrega de Presentes pelo Papai Noel

 

jardim

Primavera, estação das flores e das cores

Todo ano ela vem, desabrocha em suas flores lindas cores e desperta nas pessoas grandes amores.
Quem é ela?
A primavera!

Estamos na estação do nascimento e do renascimento, época em que a terra fértil é responsável por grandes feitos.
Aqui no Corassol a cada ano nosso espaço ganha um cuidador.
Ganha um novo olhar…

E a terra, é claro, agradece com lindo espetáculo de combinações. No ano passado nosso jardim foi cuidado com muito carinho por Nelson Murakami.

Neste ano, Fabio Gomes foi o responsável por toda a beleza apresentada. Ele se dedicou desde o inverno, durantes suas horas de almoço e finais de tarde, para que o nosso espaço pudesse ficar lindo. A iniciativa contou também com a participação de Vilma Oliveira, Lourdes Silva e Severa, que doaram as sementes e mudas.

Quem chega ao CAHFA durante a primavera e verão vivencia agradável visual.

Um belo jardim, com flores coloridas, de diversos formatos, tamanhos e perfumes recepciona a todos. O incrível movimento que as abelhas e borboletas realizam é outro espetáculo a parte. Voam de flor em flor coletando o néctar e o pólen e garantindo a perpetuação das flores, através da polinização das flores.

Como novidade, nosso jardim recebeu a visita de maritacas. Atraídas pelos girassóis, de seus grãos fizeram boas refeições.

Para Fabio Gomes essa experiência trouxe paz e tranquilidade, sensações que podem ser identificadas em seu depoimento: “Quando estou lá consigo esquecer a correria do dia a dia. Além disso eu sempre quis ter um jardim em casa, mas como moro em apartamento não era possível. Aqui eu tive essa possibilidade”.

Além de toda a beleza do espaço, o nosso jardim faz parte da beleza do olhar do nosso colaborador ao admirar o seu feito.

 

 

 

Almoço Mineiro

2º Almoço Mineiro Solidário

Cerca de 300 pessoas saborearam a boa comida “mineira” e ainda prestigiaram lindas canções nas vozes do cantor Raul Nogueira e da Banda Faluca. As crianças também tiveram seu espaço de lazer e se divertiram no gira-gira, balanço, escorregador, entre outros brinquedos. Durante o evento foram sorteados vários brindes, fruto de doações de amigos e parceiros. E ainda vale ressaltar que o resultado é a soma de esforços e a contribuição de colaboradores, voluntários, amigos e doadores.

Idealizamos o nosso almoço da mesma forma como Carlos Drummond de Andrade acredita que é a cultura mineira quando escreve a seguinte passagem: “Ser Mineiro é dizer ‘uai’, é ser diferente, é ter marca registrada, é ter história. Ter simplicidade e pureza, humildade e modéstia, coragem e bravura, fidalguia e elegância.” Assim como ele, nós do Corassol, trabalhamos juntos e tivemos sucesso na organização e realização do nosso evento!

Acompanhe o resultado através do depoimento de envolvidos:

A organização do almoço é uma tarefa muito complexa e envolve uma batalha de início ao fim. Desde a sua idealização o evento conta com a colaboração da comunidade e de apoiadores, os custos são altos e sozinhos não seria possível a sua realização. Mesmo diante de tantas dificuldades e de um cenário econômico difícil, o resultado do nosso trabalho foi um sucesso! O que ficou para a nossa experiência foi o prazer do trabalho e harmonia por parte da equipe, que demonstrou-se o tempo todo contente e satisfeita em participar deste momento do Corassol. Ao final do evento recebemos muitos elogios por parte dos convidados e isso demonstra a credibilidade e resultado do evento, o que nos da segurança e vontade de continuar e oferecer mais momentos como este.“, conta Vilma de Oliveira Silva – Organizadora do evento.

Neste domingo tive o prazer de contribuir através do meu trabalho. Ao chegar fui muito bem recebido por toda a equipe. O Espaço bem amplo ficou completamente cheio, o clima alegre e descontraído me deixou muito cativado, as crianças brincando do lado de fora, o som animando o pessoal e o cheiro de comida boa, há sim, a comida estava maravilhosa! Muito Obrigado pela oportunidade de participar deste evento, foi uma grande satisfação realizar este trabalho!“, conta João Manoel F. Fialho – Voluntário de fotografia e filmagem.

restaurant week

5ª Edição do Festival Restaurant Week em Ribeirão Preto

A edição tem como tema “Cozinha de Sedução”

Entre 17 de outubro e 6 de novembro, 14 restaurantes oferecem menu completo com preço fixo e convida os participantes a doarem R$ 1,00 a cada menu consumido para o Corassol. Com o tema “Cozinha de Sedução”, o festival propõe aos chefs reinventarem seus principais pratos, acrescentando ingredientes que seduzam os sentidos.

No almoço, o menu, com entrada, prato principal e sobremesa sai a R$ 39,90 + R$ 1 de doação (total R$ 40,90). No jantar, o preço é R$ 51,90 + R$ 1 de doação (total R$ 52,90).
Restaurant Week
Surgiu em 1991, chegando no Brasil em 2007. Restaurant Week é um festival gastronômico que reúne alguns dos melhores restaurantes da cidade, com o objetivo de democratizar a alta gastronomia com cunho social.

Serviço
5ª Ribeirão Preto Restaurant Week
Tema: Cozinha de Sedução
Data: 17 de outubro a 6 de novembro

Saiba tudo sobre o festival em: restaurantweek.com.br

 

projeto lokabibe

Corassol e Locabike iniciaram o Projeto Bike Solidária

Por sete dias, os participantes das atividades do Corassol e familiares podem utilizar as bicicletas para uso pessoal, mediante locação.

 

O projeto “Bike Solidária”, é resultado da parceria entre Corassol e a LocaBike, que teve início no mês de Julho. As bicicletas, doadas por parceiros da empresa, são locadas aos participantes dos projetos do Coama, Proft e seus familiares. Alguns já saíram pedalando.

Construído com a ativa participação dos interessados, o Projeto “Bike Solidária”, além de promover a inclusão social, desenvolve valores como corresponsabilidade, empatia, solidariedade, respeito e honestidade.

O proprietário da LocaBike, Renato Rodrigues Pereira, apresentou o projeto aos interessados, explicando os critérios para a “locação simbólica”. “Toda sexta-feira, no período da manhã, das 9h às 12h, as bicicletas estarão disponíveis para o empréstimo por sete dias. A locação será efetuada na presença de adulto responsável pelo locador, que assinará o contrato como corresponsável”, explicou Renato.

bike solidária

Para a Giovanna Barroso Andrade, participante do Aconchego, o projeto da “Bike Solidária” foi uma novidade e deixou o seu fim de semana mais divertido. “Eu aluguei a bicicleta e foi muito legal, aproveitei bastante. Achei o projeto interessante, se minha mãe deixar, eu vou alugar de novo.”

Locabike
Empresa de caráter social, que tem a missão de introduzir o ciclismo na vida de pessoas que não andam ou que pararam de andar de bicicleta. Concomitante à atividade de locação de bikes e realização de eventos de ciclismo, Renato realiza palestras de conscientização sobre a importância da obediência às regras de transito e do uso da bicicleta para a preservação da saúde.

Conheça mais sobre a Locabike: www.locabikerp.com.br

 

bazar solidário

SEGUNDA EDIÇÃO DO “BAZAR SOLIDÁRIO”

Após muitos Anos o Bazar Solidário Retorna as Atividades

O “Bazar Solidário” do Corassol retomou suas atividades no dia 25 de junho e foi um sucesso. Após ficar inativo, por falta de voluntários, voltou e atingiu seu objetivo social, atendendo às necessidades da comunidade, com peças a partir de 1 real. “A aceitação foi muito boa por ser o primeiro bazar, após alguns anos”, disse a voluntária Marli da Silva Leão, que assumiu este trabalho juntamente com sua filha, Helen Cristina da Silva.

A comunidade ficou satisfeita com a qualidade de roupas e sapatos oferecidos. “Eu fiquei sabendo do bazar pela minha mãe e, como estava precisando de calça jeans para trabalhar, vim correndo. Achei várias peças boas e com preço ótimo”, disse Adriana de Souza, que saiu com sacolas cheias de produtos.

Para Marli Leão, foi gratificante retornar ao Corassol e realizar antigo sonho: “Além de fazer parte da história desta instituição, realizei o sonho de fazer algo voluntário”.

No próximo sábado, dia 9 de Julho, acontecerá a 2ª edição do nosso “Bazar Solidário”.

Participe, entregando suas doações em nossa sede, na rua Legionário Maurício, 69, Ipiranga, Ribeirão Preto. Para mais informações: 16 3934-9998.

História do Bazar Solidário

O primeiro “Bazar Solidário” aconteceu em 1985, quando os diretores Osny de Oliveira, Tarcísio Mioto e demais companheiros de diretoria iniciaram esta atividade.

Em 1995, dona Therezinha Maria de Oliveira Silva, que chegou à instituição em 1989, assumiu o bazar, mobilizando amigos, familiares e pessoas da comunidade, para preparação, separação e recuperação de roupas, sapatos e até móveis, que eram oferecidos na sede da entidade.

Os voluntários José Mario Carlos da Silva e Cecílio Marinho Ribeiro ajudavam no transporte para Jardinópolis, onde os produtos eram oferecidos uma vez ao mês, beneficiando também as pessoas daquela cidade.

“Naquela época recebíamos muita coisa. Durante a semana ela preparava com amor e capricho as peças para o bazar, que funcionava aos sábados e domingos. Foi assim durante seis anos, mas, em 2000, ficou doente e precisou parar”, lamenta filha de Terezinha, Vilma Aparecida Oliveira Silva.

Em 2001 o “Bazar Solidário” voltou com os voluntários Antônio Anselmo e sua esposa Maria Helena, que realizavam esta atividade aos sábados, permanecendo até 2014.

Reaberto neste ano de 2016, com o retorno de Marli, o “Bazar Solidário” resgata uma forma de atendimento à comunidade e também nos proporciona relembrar momentos riquíssimos já vividos, na ocasião em que estamos escrevendo a história do Corassol, destes 35 anos.

capacitação augusto cury

Orientadores participam de capacitação no Grupo Educacional Augusto Cury

A capacitação sobre Educação Socioemocional aplicada à educação pedagógica

Para você mudar o mundo, você tem que mudar o seu mundo, só assim você vai entrar no maior propósito da educação, que é dar sentido à vida de uma criança.” Foi com esta frase que Denise Cavalini, gerente pedagógica da Escola da Inteligência (EI), deu início à capacitação dos nossos orientadores, nesta terça-feira (14), no Grupo Educacional Augusto Cury (GEAC), em Ribeirão Preto.

Denise explicou, com base na “Teoria da Inteligência Multifocal”, do psicólogo e escritor Augusto Cury, a importância da continuidade de reflexões e da capacidade de conhecer suas emoções e sentimentos, para administrar tudo sem passar por sofrimentos desnecessários.

Todo ser humano pode desenvolver a ‘Inteligência Multifocal’, mas só funciona quando é treinada, pois está intimamente ligada às habilidades socioemocionais. Quando as desenvolvemos, aprendemos a lidar com frustrações e perdas de uma maneira mais saudável”, explica a representante da Escola da Inteligência.

Em se tratando de crianças, disse Denise: “Primeiro, veja o que a criança gosta de fazer e o que a incomoda; depois, faça um elogio, você não sabe a importância que isso tem; em terceiro, não critique, isso só faz a criança se afastar de você”.

Ainda completou: “Você só vai conseguir aplicar tudo isso quando praticar primeiro em sua vida. O processo de educação é contínuo e passa por muitas variáveis. O profissional precisa estar atento para conseguir aplicá-lo em si e nas crianças, ao mesmo tempo”.

Além de explicar como aplicar a metodologia da Escola da Inteligência, Denise mostrou aos nossos orientadores que a vida pode ser mais leve, e que a intensidade do seu autoconhecimento é impressa em seu trabalho.

Ela falou, também, sobre a evolução tecnológica e no que isso vem afetando a vida de nossas crianças e adolescentes, mas, deixou claro que a evolução humana é a mais importante: “Tecnologicamente evoluímos de uma maneira rápida, mas a evolução nos relacionamentos ainda é passiva. Não adianta ter evolução tecnológica se não conseguirmos chegar às nossas crianças. Isso é evolução, mas não humana”, explicou Denise.

Entrega de materiais

Após a capacitação, a Escola da Inteligência, juntamente com o Grupo Educacional Augusto Cury, doaram mais de 500 materiais pedagógicos, como livros, apostilas e CDs, todos com a metodologia da Inteligência Multifocal.

 

bazar-solidario

Corassol reinaugura ‘Bazar Solidário’ com peças a partir de R$ 1,00

O Bazar está de volta e com peças de valores acessíveis à comunidade

O “Bazar Solidário” do Corassol está de volta, retomando as atividades no dia 25 de junho, das 8h às 12h, na rua Tocantins, 1.422. Com preços a partir de R$ 1,00, você encontrará variedades de roupas, sapatos, bijuterias e brinquedos, tudo em excelente estado.

Segundo a coordenadora da área provedora do Corassol, Vilma Aparecida Oliveira Silva, o bazar funcionará duas vezes por mês: “Inicialmente abriremos um sábado sim e um não e, dependendo da procura, abriremos mais vezes“. E completa: “O que precisamos no momento é de mais doações, para mantermos o bazar atendendo necessidades da comunidade.”

Quem comparecer ao “Bazar Solidário” do dia 25 de junho encontrará blusas de frio, calças jeans, shorts, camisas, saias, vestidos, camisas social, roupas de criança, blazers, sapatos, cobertores, bijuterias, brinquedos e muito mais.

Quem puder contribuir, fazendo doações ao “Bazar Solidário” procure nossa sede, na rua Legionário Maurício, 69, Ipiranga, Ribeirão Preto.

Para mais informações: 16 3934-9998.