Financie Sonhos
show compositor Renato Teixeira

Crianças e adolescentes do Corassol participam de show do compositor Renato Teixeira

Muitas crianças ouviram o cantor pela primeira vez

Encantador”. Essa palavra resume o passeio que as crianças e adolescentes do programa Construindo o Amanhã (COAMA) fizeram na quinta-feira (13). Eles assistiram ao show do compositor Renato Teixeira, no Espaço Golf.

A apresentação teve público de 600 pessoas de várias entidades de Ribeirão. Quando o cantor subiu ao palco, a plateia ficou em silêncio. Muitos ali experimentavam pela primeira vez uma cultura que era desconhecida até então: a Música Popular Brasileira (MPB).

Renato cantou várias canções que fizeram sucesso nas últimas décadas, entre elas “Romaria”, que ficou famosa na voz de Elis Regina.

Mas as crianças se divertiram mesmo quando o compositor propôs fazer uma sessão de “descarrego”, onde todo mundo se levantou e balançou os braços para dispersar as más energias.

No momento em que Renato começou a interpretar a canção “Felicidade”, Pedro, de 14 anos, ficou encantado com a alegria dos idosos e dos cadeirantes que estavam na plateia. “Ele ficou emocionado ao presenciar a cena dos idosos cantando e dançando”, conta Ivana Pontes, uma das orientadoras que acompanhou os pequenos no passeio.

E no final, depois de apreciar a beleza do Espaço Golf, todos receberam um lanche. “Foi uma grande alegria”, diz a orientadora.

escovação

Crianças do Corassol recebem orientações sobre higiene bucal

Nesta terça-feira (11), as crianças do Programa Construindo o Amanhã – COAMA, tiveram mais um motivo para abrir o sorriso. As Técnicas em Saúde Bucal, Elisabete Gobi e Juliana Mota, prepararam uma oficina para ensinar técnicas de escovação aos pequenos. Seis turmas receberam orientações. Três no período da manhã, três à tarde.

Assim que as profissionais se apresentavam, todos olhavam atentamente, curiosos. Elas explicavam, com detalhes, o jeito ideal para escovar os dentes e espantar as cáries.

De maneira interativa, as duas perguntavam às crianças sobre o que não se pode esquecer após a limpeza dos dentes. “A língua!”, disse um deles. Resposta certa!

Prática e prevenção

Após orientações, todos recebiam uma escova e iam para as pias colocar em prática o aprendizado. “Nosso intuito é trazer prevenção. O índice de cárie diminuiu muito nos últimos anos por causa disso”, afirma Elisabete, que realiza o trabalho há 24 anos com crianças de entidades e escolas públicas.

Para a profissional, os pequenos tendem a criar o hábito da escovação após as oficinas. “A partir do momento que entregamos a escova, eles começam a lembrar de que precisam escovar os dentes após as refeições. Às vezes, ensinam até aos pais o jeito certo”, conta.